Biblioteca Digital

Home > Biblioteca Digital

Biblioteca Digital

Biblioteca Digital Fundação Jorge Álvares

A Biblioteca Digital Juvenil Fundação Jorge Álvares é uma plataforma digital com recursos multimédia associados qua integra inúmeras temáticas sobre a história e cultura de Macau e da China. Agregando conteúdos compilados em coleções, a navegação é dinâmica e proporciona ao visitante múltiplas formas de recombinar a informação e construir o seu próprio ambiente de aprendizagem. Os textos são enriquecidos com animações, vídeos e aplicações interativas que contribuem para a experiência do utilizador e para a consolidação do saber. Em cada segmento conceptual, existem opções que melhoram a explicação do conteúdo e possibilitam a agregação daquele trecho (texto, imagem, áudio ou vídeo) a um caderno digital onde o aprendente pode organizar o seu estudo. Este conjunto de funcionalidades torna a biblioteca digital FJA num ambiente de aprendizagem único, melhorando a experiência do aprendente e colocando-o no centro do processo de aprendizagem. É um importante e atrativo veículo para o conhecimento da história e cultura da China e de Macau, para a interação professor-aluno ou pai-criança, bem como para o intercâmbio entre escolas.

No botão abaixo pode encontrar um vídeo explicativo para a melhor utilização das suas funcionalidades.

A Biblioteca integra por outro lado, até agora, uma vez que se aguarda para breve uma terceira obra, dois livros das reputadas autoras infanto-juvenis Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada – Missão Impossível e A Nau do Trato – os quais, além de animadas aventuras dos seus jovens intervenientes, contêm muita Informação histórica de fácil leitura e aprendizagem. Estas edições, não comerciais, foram especialmente encomendadas pela Fundação Jorge Álvares às autoras, tendo sido distribuídos vários exemplares pelas bibliotecas que integram a Rede de Bibliotecas Escolares nacional. A Nau do Trato foi por sua vez traduzida para chinês numa iniciativa do então Embaixador de Portugal em Pequim, José Augusto Duarte.

O público-alvo inicial desta iniciativa foram os alunos do 1.º e 2.º ciclos de ensino, com as temáticas História de Macau (4 livros), Tradições de Macau e da China (6 livros) e Como é Macau (13 livros). A Biblioteca Digital foi alargada numa primeira fase com a temática Civilização e Cultura – China e Macau (10 livros), destinada preferencialmente aos alunos do 3º. ciclo de ensino. Posteriormente foram publicados mais 8 conteúdos dedicados à temática “Contos e Lendas”. À exceção dos Contos e Lendas de Portugal, bem como do conto Quem era Sun Yat-Sen e das Ruínas de S. Paulo, todas as temáticas até agora publicadas na Biblioteca Digital têm por base manuais da Escola Portuguesa de Macau onde, em novembro de 2014, foi apresentado o projeto.

A Biblioteca Digital foi oportunamente produzida pelo CITI – Centro de Investigação para Tecnologias Interativas da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Para além dos livros de aventuras de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, estão atualmente publicados os seguintes conteúdos:

História de Macau

  • Origens de Macau,
  • Os primeiros portugueses em Macau,
  • Os primeiros portugueses na China, e
  • A China hoje – a República.

Tradições de Macau e da China

  • Tradições, Feriados e Festividades,
  • Histórias e Lendas,
  • Macau Património Mundial da Unesco,
  • Monumentos em estilo tradicional chinês,
  • Monumentos em estilo tradicional português, e
  • Igrejas.

Como é Macau

  • Macau na Ásia e no Mundo,
  • Características naturais de Macau,
  • Relevo e meios aquáticos,
  • Clima, estações do ano e tempestades,
  • Fauna e Flora,
  • A qualidade do ambiente,
  • Meios de transporte e comunicações,
  • Instituições e serviços,
  • Atividades económicas,
  • Órgãos políticos da RAEM,
  • Símbolos,
  • Naturalidade e nacionalidade, e
  • Macaenses no mundo.

Civilização e Cultura – China e Macau

  • A Civilização do Rio Amarelo,
  • Escolas filosóficas chinesas,
  • As Viagens de Marco Polo,
  • Os portugueses em Macau,
  • As primeiras instituições de Macau,
  • O Comércio Europeu na China e na Ásia do Sudoeste;
  • Macau na época da guerra do ópio,
  • O fascínio dos europeus pela China no final Século XIX;
  • Macau no século XX, e
  • Cronologia.

Contos e Lendas

  • Cobra branca
  • Pranto na Grande Muralha
  • Amor entrelaçado
  • O poço dos ananases
  • Os amores de D. Pedro e D. Inês
  • A princesa que levou o chá para Inglaterra
  • Quem era Sun Yat-Sen, e
  • As Ruínas de S. Paulo, um dos símbolos de Macau.
FJA-LOGO-25-Anos-Horizontal-Branco_150_2

Newsletter do Mês

maio 2024

Coleção de Arte da FJA
no Museu do CCCM

Contribuindo para valorizar o singular e raro espólio que o Museu do Centro Científico e Cultural de Macau apresenta ao público desde a sua criação em 1999, a Fundação Jorge Álvares, no cumprimento da sua vocação estatutária, tem vindo a depositar a título permanente nesta unidade museológica nacional um conjunto de valiosas peças pertencentes à sua coleção de arte oriental. 

EGovt City Hall

Contactos

Rua Castilho, 39 (Edif. Castil) – 11º Andar – Letra I – 1250-068 Lisboa

Segunda – Sexta: 10h00 – 18h00

City Map View

Subscreva a Newsletter FJA

Receba as notícias, eventos e outras informações relevantes da Fundação.

Fundação Jorge Álvares © 2024. Todos os direitos reservado